Tradutor

segunda-feira, 18 de abril de 2011

OXUM

Oxum é o Trono irradiador do Amor Divino e da Concepção da Vida em todos os sentidos. Como “Mãe da Concepção” ela estimula a união matrimonial, e como Trono Mineral ela favorece a conquista da riqueza espiritual e a abundância material.
A Orixá Oxum é o Trono Regente do pólo magnético irradiante da linha do Amor e atua na vida dos seres estimulando em cada um os sentimentos de amor, fraternidade e união.
Seu elemento é o mineral e, junto com Oxumaré, forma toda uma linha vertical cujas vibrações, magnetismo e irradiações planetárias multidimensionais atuam sobre os seres e os estimula os sentimentos de amor e acelera a união e a concepção.
Na Coroa Divina, a Orixá Oxum e o Orixá Oxumaré  surgem a partir da projeção do Trono do Amor, que é o regente do sentido do Amor.
Oxum assume os mistérios relacionados à concepção de vidas porque o seu elemento mineral atua nos seres estimulando a união e a concepção.
 A água é o melhor condutor das energias minerais e cristalinas. Por esta sua qualidade única, surgem diversos tipos de água, sendo que a água “doce” dos rios é a melhor rede de distribuição de energias minerais que temos na face da Terra.
E o mar é o melhor irradiador de energias cristalinas.
Saibam que a energia irradiada pelo mar é cristalina e a energia irradiada pelos rios é mineral. E justamente neste ponto, surgem confusões quando confundem a Orixá Oxum com Iemanjá.
A energia mineral está presente em todos os seres e também em todos os vegetais. E por isto Oxum também está presente na linha do Conhecimento, pois sua energia cria a “atração” entre as células vegetais carregadas de elementos minerais. Já em nível mental, a atuação pelo conhecimento é uma irradiação carregada de essências minerais ou de sentimento típicos de Oxum, a concepção em si mesma.
A Ciência dos Orixás é tão vasta quanto divina, e está na raiz do todo o saber, na origem de todas as criações divinas e na natureza de todos os seres.
Leiam  estes comentários até entenderem esta magnífica ciência divina e apreenderem suas chaves interpretadoras da ciência dos entrecruzamentos. Se conseguirem estas duas coisas, temos certeza que daí por diante entenderão porque a rosa vermelha é usada como presente pelos namorados e a rosa branca é usada é usada pelos filhos quando presenteiam suas mães. Ou porque se oferece rosas vermelhas para oferendar as damas, rosas brancas para Iemanjá e rosas amarelas para oferendar Oxum, ou rosas “cor de rosa” para as crianças (Erês).
Saibam que, se todas são rosas, no entanto os pigmentos que as distinguem são os condutores de “minerais” e de energias minerais. Para um leigo, todas são rosas. Mas para um conhecedor, cada rosa é um mistério em si mesma. E o mesmo acontece com cada cor.
Logo, o mesmo acontece com cada Orixá Intermediário, que são mistérios dos Orixás Maiores.
 Todo jardim com muitas roseiras é irradiador de essências minerais que tornam o ambiente um catalisador natural das irradiações de amor da divindade planetária que, amorosamente, chamamos de Mamãe Oxum.
 
O AMOR

“Ainda que eu falasse a língua dos homens, e que eu falasse a língua dos Anjos, sem o Amor, eu nada seria”.
O amor é um sentimento abstrato, inato a cada pessoa, que se expressa com maior ou menor intensidade, conforme o grau de evolução e merecimento daquele que o manifesta. Não há como comprá-lo ou fingir que o temos. É o amor que nos leva ao desenvolvimento das mais nobres virtudes humanas: a compreensão, a tolerância, a paciência, o entendimento do sentido de união e fraternidade, a doação sem condicionamentos, dentre outras.
Estamos permanentemente recebendo a emanação do Amor Divino, pela própria Graça da Vida e, por isso, deveríamos saber amar a tudo e a todos, como o Mestre Jesus nos amou e procurou ensinar, quando de Sua passagem por nosso mundo.
Na Coroa Divina do Criador Olorum, o Amor é a principal qualidade e atributo da orixá Oxum. Quanto mais manifestarmos, interna e externamente, o sentimento real de Amor, mais receberemos o amparo e a irradiação divina de Mamãe Oxum, que atuará em nós e a partir de nós, tornando-nos seus semeadores. Ela nos conduzirá a e isso será um dos vários começos da nossa gratificante via evolutiva até Pai Olorum.
O amor é uma conquista pessoal, como o amor por outra pessoa, pela religião, etc. É vencer egos, conceitos e preconceitos, e, por se tratar di entendimento de cada um, não pode ser tomado como parâmetro coletivo. Uma vez conquistado, nenhuma outra  pessoa conseguirá tirar-nos ou fazer-nos perder esse sentimento.
Mas, para que isto se fortifique e se intensifique em nós, devemos sempre estar em afinidade e sintonia com Mamãe Oxum. Essa sintonia irradia uma camada vibracional que estruturará em nós sentimentos puros, determinação, paz interior, equilíbrio e, principalmente, a vontade de amar e de conceder esse Amor ao próximo. Fortalecerá  o mental e a espiritualidade de cada um, criando à nossa volta um campo protetor, como um escudo, e fazendo com que o Amor se manifeste e se realize, com muita intensidade na vida das pessoas, gerando fraternidade.
Caso algum esteja em desarmonia com o Amor, será paralisado em sua evolução e reconduzido ao caminho correto, e quando estiver novamente de acordo com a Vontade Suprema e Divina, será estimulado mais e mais a seguir sua jornada rumo ao encontro do Amor maior.
O amor sempre esteve presente em nossas vidas, mesmo que nunca tenha percebido. Voltemo-nos de frente para a Mãe Oxum e recebamos, a partir de hoje, toda a sua irradiação de Amor e comecemos amar toda a criação, a nossa família, as pessoas que fazem parte de nossa vida, os lugares que freqüentamos e, principalmente, a nossa Religião que é Divina e Sagrada Umbanda, caminho evolutivo por várias realidades de Deus na sua Criação.
Amada seja a nossa Mamãe Oxum ! Salve Mamãe Oxum !

                                 MAMÃE OXUM
 
Amados irmãos no Criador a orixá Oxum esta assentada na Coroa  de Pai Olorum, de onde irradia o Amor Divino e a concepção da vida em todos os sentidos.
Mamãe Oxum é considerada a Mãe do Amor, da concepção, da afetividade, do carinho e da comunhão. É por ela que flui o Amor de Pai Olorum. Além de orixá do Amor e da concepção, ela agrega  e da início às coisas na vida dos seres. É Oxum quem mostra a importância na vida dos seres, de todas as uniões e agregações que acontecem no Universo, do micro ao macrocosmo, através da irradiação de sua essência mineral. Até a agregação dos átomos  e dos astros depende do seu fator.
A energia de Mamãe Oxum está presente em todos os seres e em toda a criação. Essa irradiação desencadeia um fluxo que, caso o ser esteja vibrando positivamente no Amor, no retorno ele receberá uma vibração positiva maior ainda, fortalecendo-o cada vez mais e expandindo o campo do onde ele flui essa irradiação. Mas se o ser vibra irradiações negativas do Amor, ele recebe no retorno um fluxo de energias que o deixam apático e desinteressado em qualquer tipo de união.
Mamãe Oxum, com seu magnetismo positivo, estimula as uniões, as agregações universais e o Amor em toda sua amplitude.
Sua essência energética mineral torna todos os seres irradiadores dessa energia e junto com Pai Oxumaré, gera vibrações planetárias que atuam sobre os seres e em toda a Criação Divina, estimulando-os ou paralisando-os no sentido das agregações universais. Os termos positivo e negativo não significam bem ou mal, mas somente polaridades.
Mãe Oxum manipula e transporta as sete essências Divinas e nenhum ser, criatura ou energia fica sem sua vibração essencial. Ela rege duas linhas de ação: a positiva que estimula o Amor, nas uniões e na concepção, e a negativa, que anula o desejo de se unir e de se agregar a outras pessoas.
Quando o fator agregador é absorvido pelos seres, satura-os de uma energia divina que desperta os sentimentos de união, agregação e de concepção. Todos ao serem estimulados por essa irradiação, buscam concretizá-la, unindo-se aos seus pares semelhantes, dando continuidade à vida.
A energia mineral ( qualidade de Oxum ) é fundamental na fertilidade e na fecundidade.
Nós espíritos humanos, por sermos consciências geradas e manifestadas por Olorum, quando atingimos nossa plena e total harmonia e pleno equilíbrio, recebemos as irradiações de Amor emanadas por Mamãe Oxum, assim como as emanações dos demais orixás, e somos manifestadores do Setenário Sagrado.
Mamãe Oxum simboliza e representa o Amor que gera, concebe, cria, e inova as perspectivas na vida dos seres. Seu magnitismo vai unindo seres afins. Oxum é Amor ao próprio amor, o Amor à fé, o Amor ao Conhecimento, Amor à Justiça e ao equilíbrio, o Amor à Lei e à ordem, o Amor à Evolução e a Transmutação e o Amor à Geração e à Vida, que enobrece também todos os fatores e qualidades descritas antes, estimulando-os também nos seres e criaturas.
 Está em todas as outras qualidades de Olorum e em todos os sentimentos, em todos os seres, em todas as criaturas e em todas as espécies.
Esse fator agregador une idéias, religiosidade, e a partir dessas uniões é que tudo é renovado na vida dos seres ou na Natureza. Esse Amor divino é harmonia.
As cachoeiras são os pontos de força naturais de Mamãe Oxum.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário