Tradutor

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

LIBÉLULAS E LAGARTAS

Milênios se passaram e a maioria dos Homens não mudou em nada, enquanto alguns cientistas ou cabeças pensantes usam o poder mental para produzir aparelhos que ajudam a melhorar a vida de muitos no plano material, nunca encontram tempo para agradecer a eles pelo tempo gasto, isto é, os que receberam e estão sempre no esquecimento.

Verdadeiras Lagartas que se alimentam do que encontram pela frente, porque são egoístas, mas estão sempre se arrastando para sobreviver para umas míseras horas.

Em todos os tempos àqueles que sobressaíram para melhorar a vida do próximo, são esporadicamente lembrados como nada, porque como foi dito anteriormente o Homem não evoluiu por si próprio, precisa de ídolos para viver o dia a dia, continuam Lagartas, enquanto outros procuram por si próprio o caminho da evolução, esses são as Libélulas, que vagueiam, flutuam sempre procurando novos rumos e sempre dando beleza por onde passam.

Os donos das religiões são verdadeiras Lagartas... que nunca vão chegar a ser Borboletas, quase próximas a Libélulas, porque são verdadeiras sanguessugas que se alimentam do sangue e da energia dos que se aproximam deles.

Outras vezes são angariados através de imagens, ou falsos conselhos para que os mesmos vivam mais um dia de glória.

Queria deixar a todos um conselho para que amanhã todos possam pensar livremente por si próprios; já pensaram que se o "Cristo" não fosse crucificado há dois mil anos, como os donos das religiões estariam hoje..., Todos estariam livres deles..., e mais evoluídos sem preconceitos ou ódios na mente.

Os Espíritos que viveram, vivem ou viverão neste planeta, aprenderam a viver soltos como a Libélula ou a Borboleta, sem nunca se preocupar com as Lagartas que a tudo devoram, e se arrastaram para viver mais dias.

Poucos são aqueles que se desligam das coisas materiais para viverem no espaço e livres.

Breve sentirão saudades destas palavras.

Lê Barão

(Mensagem psicografada pelo medium Orlando Vitti -Diretor Espiritual da Irmandade Espírita de Umbanda São Jorge, em 05/05/2004)

Um comentário:

  1. ...quase próximas a Libélulas, porque são verdadeiras sanguessugas que se alimentam do sangue e da energia dos que se aproximam deles..../Os Espíritos que viveram, vivem ou viverão neste planeta, aprenderam a viver soltos como a Libélula ou a Borboleta, sem nunca se preocupar com as Lagartas que a tudo devoram...-----Contraditório esse espirito não???????????

    ResponderExcluir